Litera Dark | Especial Sexta-feira 13

A arte de assustar sempre me encantou, seja na literatura ou nas telonas e aproveitando essa Sexta-feira 13 resolvi fazer um post sobre a literatura de horror/terror.


Eu separei alguns livros e selecionei alguns autores que fizeram desse gênero o que ele é hoje. Além deste, preparei mais alguns posts dedicados ao gênero, espero que gostem!
Vamos embarcar nesse mundo horripilante?

Do autor Horace Walpole, O Castelo de Otranto gira em torno de Manfred, um príncipe tirânico obcecado por manter a posse de um castelo, conquistado ilicitamente de sua família. Para isso ele precisa lutar contra uma antiga maldição e, sem escrúpulos, recorre a atos de vingança e crueldade, que invariavelmente não dão certo por conta de forças sobrenaturais e acontecimentos surreais.


Psicose, de Robert Bloch, foi o livro que deu origem ao mais famoso filme de suspense de todos os tempos. Psicose conta a história de Marion Crane, que foge após roubar o dinheiro que foi confiado a ela depositar num banco. Ela então vai parar no Bates Motel, cujo proprietário é Norman Bates, um homem atormentado por sua mãe controladora. Sem dúvida esse é um suspense de tirar o fôlego!


Inspirado em uma matéria sobre o exorcismo de um garoto de 14 anos, o escritor William Peter Blatty publicou em 1971 a perturbadora história de Chris MacNeil, uma atriz e mãe que está filmando em Georgetown e sofre com as inesperadas mudanças de comportamento de sua filha de 11 anos, Regan. Quando a ciência não consegue descobrir o que há de errado com a menina e uma nova personalidade demoníaca parece vir à tona, Chris busca a ajuda da Igreja no que parece ser um raro caso de possessão demoníaca. Cabe a Damien Karras, um padre da universidade de Georgetown, salvar a alma de Regan, enquanto tenta restabelecer sua fé, abalada desde a morte de sua mãe. 

Em A Coisa, Stephen King, nos leva de volta ao tempo em que acreditávamos mais em nossa imaginação, em nossos sonhos e também em nossos pesadelos... Junho de 1958. Derry, pacata cidadezinha do Maine. Início das férias de verão. Para Bill, Richie, Eddie, Stan, Beverly, Mike e Ben, sete adolescentes que, pouco a pouco, se tornam amigos inseparáveis, este será um verão inesquecível. Um tempo em que vão descobrir o doce sabor da amizade, do amor, da união. Uma época em que vão provar o gosto amargo da perda, do medo, da dor. Este será um ano inesquecível. Terrivelmente inesquecível. O ano em que vão conhecer a Coisa, a força estranha e maligna que vem deixando um rastro de sangue na calma Derry. O ser sobrenatural que apresenta um apetite especial por inocentes crianças.


Por trás de obras assustadoras, existem os mestres, que são especialistas em nos botar medo!
Dentre eles temos:

H. P. Lovecraft
Lovecraft divide o título de maior mestre do horror de todos os tempos com Edgar Allan Poe
O autor teve uma infância conturbada. Seu pai foi confinado em um hospício, sua mãe era paranoica e o trancava em seu quarto com medo que ele pegasse alguma doença.
Foi o avô que inseriu Lovecraft no mundo dos livros e aos oito anos ele começou a escrever seus primeiros contos.
As obras mais conhecidas do autor são:  "Nas Montanhas da Loucura""O Caso de Charles Dexter Ward" e "A Cor que Caiu do Espaço", entre outros.



Edgar Allan Poe
É um dos precursores do gênero. Poe tem como maior símbolo de sua obra o poema "O Corvo", que incorpora toda a dimensão sombria e pessimista de seu trabalho. Também é autor de "Os Assassinatos na Rua Morgue" e "Histórias de Crime e Mistério".


Mary Shelley
Shelley é a autora de "Frankstein", ficção na qual um cientista, o Dr. Frankstein, contraria as leis da natureza e recria a vida ao construir um homem com restos humanos, como num mito bíblico às avessas. 
A trama nasceu como um conto,mas de tão elogiada virou um romance. Mary escreveu mais de 20 livros em sua vida, mas nenhum deles teve o sucesso estrondoso do primeiro, Frankstein.


Muitos livros pra pouco dinheiro?
Então vou indicar um Box Pocket que eu comprei e que valeu super a pena!
Trata-se da Caixa Especial Horror, que conta com 5 livros clássicos desse gênero.
Se for tratar separadamente, cada livro custou menos de nove reais!




  • Drácula, Bram Stoker
  • Frankstein, Mary Shelley
  • A Tuma, H.P. Lovecraft
  • O Médico e O Monstro, R. L. Stevenson
  • Contos de Fantasmas, Daniel Defoe






Para quem não gosta de versão Pocket e ainda quer economizar uns trocados, pode garimpar os sebos. 
Eu já achei várias raridades em ótimo estado e por preços inacreditavelmente baixos.
Fica a dica!

Feliz, ou não, Sexta-feira 13!

Share on Google Plus

Sobre Francine Nunes

Quase química. Amante de livros, séries e filmes. Assim como o Cazuza, meus heróis morreram de overdose. Guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força.

0 comentários :

Postar um comentário