Resenha | Eu, Christiane F., 13 anos, Drogada, Prostituída... - Kai Hermann & Horst Rieck



Eu nunca quis ser exemplo de nada a ninguém, acho que cada um deve saber o que está fazendo. Eu, pelo menos, sei o que faço.

Sobre o livro
O livro começa contando a infância de Christiane. Ela cresceu em uma família humilde, junto com seus pais e sua irmã. Em busca de novas oportunidades, a família de Christiane foi morar em Berlim.
A família dela era problemática, a mãe era omissa e o pai violento.
Boa parte da infância de Christiane foi vivida no conjunto Groupis, onde ela relata ser um edifício com muitas regras e poucas opções de diversão para as crianças.

Tudo começou a mudar em sua infância quando seus pais se divorciaram, ela precisou frequentar uma nova escola e queria desesperadamente fazer novos amigos.
Com o intuito de se encaixar em algum grupo, Christiane começou a se portar de uma forma que fosse admirada pela turma, foi nesse momento que ela começou a usar drogas. Ela iniciou com maconha e lds até que encontrou a heroína.
Aos poucos ela vai se afundando nas drogas, começando no Sound e terminando na estação Zoo.
Após seu primeiro contato com a heroína uma reação em cadeia começa: primeira ela só cheira, depois começa a se picar e quando o acesso à droga fica mais difícil ela passa a se prostituir.

Minhas Impressões
Eu sempre tive vontade de ler o livro, já tinha ouvido diversas opiniões de pessoas que tinha assistido ao filme, mas eu queria ler o livro primeiro, eis que a oportunidade surgiu e eu lamentei não ter lido esses relatos antes.

O livro é narrado na perspectiva da própria Christiane, da sua mãe e de policiais ou autoridades que tiveram contado com ela. A leitura flui e quando você percebe já concluiu o livro.
A história é um alerta aos jovens e aos pais. Christiane era uma criança como qualquer outra, mas para fazer parte de um grupo foi até as últimas consequências sem se dar conta, no começo, que aquilo iria destruí-la.
Depois de concluir a leitura eu fiquei chocada, a leitura é quase insuportável, pois sofremos juntos. Eu fiquei com raiva dela algumas vezes, rs.

Mesmo sendo uma leitura pesada eu indiquei para a minha irmã de 14 anos, pois ele alerta sobre os malefícios das amizades destrutivas e das drogas, qualquer uma, mesmo que as aparentemente inofensivas, como a maconha.
Indico a obra, pois ela é extraordinária!

PREÇOS E PROMOÇÕES | NOTA: 10/10 | ADICIONE NO SKOOB

****

Ficha técnica
Livro: Eu, Christiane F., 13 anos, Drogada, Prostituída
Autor: Kai Hermann & Horst Rieck
Gênero: Não Ficção
Editora: Círculo do Livro

ISBN: 8528604705
Páginas: 512
Share on Google Plus

Sobre Francine Nunes

Quase química. Amante de livros, séries e filmes. Assim como o Cazuza, meus heróis morreram de overdose. Guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força.

2 comentários :

  1. Eu não conhecia esse livro, mas gente... que história é essa? Fiquei morrendo de curiosidade, com certeza vou procurar pra lê-lo. Ótima resenha!
    Beijos
    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir