Resenha | A Elite, Kiera Cass


É só mais uma história de amor que não deu certo. Não é longa, nem emocionante. Acredite.

Sobre o livro 
Em A Elite sobraram seis garotas (America, Marlee, Celeste, Kriss, Natalie e Elise) lutando pelo coração do Príncipe Maxon.
Enquanto America começa a se aproximar mais de Maxon, este passa a se aproximar mais das outras garotas.
Apesar dessa aproximação, America está confusa com seus sentimentos, pois a ida de Aspen para o palácio faz ressurgir os antigos sentimentos.
A segurança no palácio está cada vez mais ameaçada e todos correm perigo, enquanto America tenta lidar com seus conflitos internos um acontecimento pode mudar o rumo da história. 

Minhas Impressões
Em A Elite, Kiera Cass continua com uma linguagem simples e empolgante. Por ser um enredo divertido, empolgante e simples é possível concluir a leitura em pouco tempo.
Alguns personagens ganham mais foco, como o Rei Clarkson e a Rainha Amberly. Enquanto nos encantamos com a rainha, passamos a gostar cada vez menos do Rei.
Esse desgosto ocorre também em relação a America, eu ficava cada vez mais irritada com as atitudes da protagonista, pois estar dividida não significa iludir duas pessoas e isso ela faz o tempo todo.
Assim como no primeiro livro, a autora poderia ter explorado mais o fundo distópico, mas ela deu foco para o romance, o que não é de todo ruim, visto a proposta do livro.
No geral foi uma boa leitura, nada que agregasse valores ou reflexões para os leitores, mas a Kiera Cass conseguiu atingir propósito da maioria dos livros, entretenimento.
Assim como o primeiro livro da trilogia, eu recomendo! 

****
Ficha técnica
A Elite, Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 360
ISBN: 9788565765121



Share on Google Plus

Sobre Francine Nunes

Quase química. Amante de livros, séries e filmes. Assim como o Cazuza, meus heróis morreram de overdose. Guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força.

0 comentários :

Postar um comentário