Resenha | A Escolha, Kiera Cass


Um dia você vai dormir nos meus braços todas as noites. E acordar todas as manhãs com meus beijos. E algo mais.

Sobre o livro
No último livro da trilogia A Seleção, America Singer precisa se decidir entre Maxon e Aspen. Quando America escolhe Maxon, entra de cabeça na disputa pelo seu coração.
Maxon fica dividido entre America e Kriss, e agora é America quem precisa conquistá-lo de uma vez por todas.
Apesar de Aspen não ser o preterido de America, ele decide lutar pelo seu amor.
Enquanto isso os grupos rebeldes ganham força e ameaçam ainda mais os moradores do palácio, não se contentando com isso eles passam a assassinar pessoas comuns de acordo com a sua casta: Eles matam pessoas que sejam da mesma casta das finalistas em forma de protesto contra A Seleção.
Em meio a tudo isso o concurso continua e seu desfecho é imprevisível.

Minhas Impressões
No último livro da série, Kiera Cass se mostra um pouco mais ousada e dá um pouco mais de atenção aos conflitos por causa das castas.
Nele podemos conhecer o outro lado, passamos a ver o ponto de vista de um dos grupos rebeldes, o que para mim foi um ponto positivo no livro.
Mesmo o pano de fundo ganhando mais espaço, o romance ainda continua em foco, e podemos nos deliciar com ele. Agora os papéis se inverteram, America precisa conquistar Maxon. 
Eu gostei do desfecho da trilogia, alguns acontecimentos são previsíveis, outros não. Por esse motivo eu fui surpreendida pelas últimas páginas e fiquei muito apreensiva antes do desfecho final.
Se você já leu os dois primeiros livros, com certeza irá ler esse, então nem preciso recomendar né?

****

Ficha técnica
Livro: A Escolha
Autor: Kiera Cass 
Editora: Seguinte
Páginas: 352
ISBN: 9788565765374
Share on Google Plus

Sobre Francine Nunes

Quase química. Amante de livros, séries e filmes. Assim como o Cazuza, meus heróis morreram de overdose. Guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força.

0 comentários :

Postar um comentário