Resenha | Orgulho e Preconceito, Jane Austen

Resenha | Orgulho e Preconceito, Jane Austen


"Eu poderia facilmente perdoar seu orgulho se ele não tivesse ferido o meu."

Sobre o Livro
Orgulho e Preconceito é um clássico da literatura inglesa. Ele foi publicado em 1813 pela renomada romancista britânica Jane Austen.
A história começa com a autora introduzindo o leitor sobre o que se tratará a trama: a busca pelo casamento. 
A família Bennet é composta por cinco filhas solteiras: Jane, Lizzy, Mary, Kitty e Lídia. A Sra. Bennet está ansiosa e preocupada quanto a situação de suas filhas, ela quer casá-las o quanto antes. Primeiro por causa das convenções sociais da época e por último para obter prestígio, caso alguma delas encontre um marido rico e de boa posição social.
A Sra. Bennet vê todas essas possibilidades com a chegada do Mr. Bingley a Netherfield. Ela pretende apresentar suas filhas ao recém chegado e a oportunidade surge com um baile próximo.
Assim como a Sra. Bennet previra, Mr. Bingley se encanta por Jane e um romance se inicia, em contrapartida, Lizzy é rejeitada por Mr Darcy, amigo de Mr. Bingley, isso fere o seu orgulho e ela passa a ter uma opinião forte e negativa referente a ele. 
Através da irmã, Lizzy se aproxima do Mr. Darcy, esse começa a se encantar pela sua inteligência e sagacidade, enquanto ela sente cada vez mais aversão por ele.
O conceito negativo de Lizzy sobre o Mr. Darcy é acentuado com a chegada dos oficiais, em especial Mr. Wickham. Lizzy cria uma relação de amizade com ele, este detesta o Mr. Darcy e consequentemente Lizzy passa a apreciá-lo cada vez menos.
A partir daí vários acontecimentos ocorrem, enquanto Mr. Darcy se apaixona perdidamente por Lizzy, ela cria um conceito completamente errôneo sobre ele. 
Lizzy se considera inteligente e sagaz, por isso ao perceber o grande erro que cometera em relação ao caráter do Mr. Darcy, um conflito psicológico se inicia e ela passa a questionar seus atos. Através de alguns conflitos familiares, Lizzy conhece um pouco melhor o Mr. Darcy e uma admiração, antes impensada, começa a florescer.

Minhas Impressões
Esse livro se tornou um dos meus preferidos. É um romance simples se comparado com outros romances que utilizam cenas fortes, picantes e surreais. Através de eventos cotidianos a autora nos introduz em uma história envolvente e rica em detalhes.
Ela usa cenas típicas do dia a dia da sociedade da época para fazer duras críticas ao modelo imposto, como o casamento.
Os personagens são tão bem construídos que se tornam reais, eles saltam das páginas e nos ganham.
Antes de ler a obra eu não entendia porque era considerada um clássico tão brilhante. Agora sei o motivo e recomendo que todos leiam esse livro.
Jane me conquistou e pretendo ler outras obras da autora, acredito que terei a mesma opinião e me apaixonarei pelos seus livros.

****
Ficha técnica
Livro: Orgulho e Preconceito
Autor: Jane Austen
Editora: Landmark
Páginas: 400
ISBN: 9788588781382
Share on Google Plus

Sobre Francine Nunes

Quase química. Amante de livros, séries e filmes. Assim como o Cazuza, meus heróis morreram de overdose. Guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força.

2 comentários :

  1. Heeey, Fran!
    Também me apaixonei recentemente por Jane Austen! Sempre ouvi falar que ela era fantástica, mas sempre deixava o livro na estante esperando... até que um dia (não faz tanto tempo assim rsrs) decidi ler e descobri o pq de ser um clássico! É tão lindo, que realmente merece ser lido sempre e sempre! Também estou louca pra ler as outras obras da autora!
    Ameeei a resenha *---*
    Beijos ;*

    Ana Gomes

    chaeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!

      Esse livro é tão bom, mas tão bom que nem sei se existe mesmo rs
      Que bom que você gostou da resenha =D

      Bjs ^^

      Excluir