Resenha | Algoritmos Sagrados: Almas Seladas, M. L. Pontes

Resenha | Algoritmos Sagrados: Almas Seladas, M. L. Pontes


Indagações perturbaram meu espírito quando fui surpreendido por um velho curvado que arquejou e apoiou sua mão enrugada em meu ombro. Ele me disse que revelaria o segredo dos “Algoritmos Sagrados”.

Sobre o Livro
Almas Seladas é o primeiro livro da série Algoritmos Sagrados do autor brasileiro M. L. Pontes.
O livro se inicia em um centro de lançamento (CLA) com o chefe desse departamento, Rogério. Ele fica perplexo com uma estranha informação sigilosa.
Nesse mesmo dia em outro local duas crianças estão para nascer, Layla e Victor. Aparentemente a única coisa em comum dessas crianças é a data de nascimento, pois enquanto uma nasce e vive tranquilamente com uma sorte peculiar, a outra nasce e vive em meio a tragédia.

Layla perdeu a mãe ao nascer e durante a sua vida ela enfrenta diversos sofrimentos e estranhas mortes.
Victor tem muita sorte, tanta que aos 16 anos passou em primeiro lugar na faculdade de medicina, sem estudar, tem um Porsche e carteira de motorista.
Enquanto acompanhamos o crescimento dos protagonistas, somos levados para outros cenários: com códices maias e pesquisas científicas. Essas pesquisas sempre encontram números misteriosos.
Após o crescimento dos protagonistas, o autor foca no relacionamento dos dois, a partir daí acompanhamos o encontro do casal, os estranhos acontecimentos que os cercam e que ameaçam suas vidas.

Minhas Impressões
Eu queria muito ler esse livro. Li algumas resenhas sobre a obra, assisti ao book trailer, li a sinopse e pronto: precisava lê-lo!
A premissa do livro é bem interessante, mas eu me decepcionei com o rumo da história.
O começo do livro foi muito bom, eu fiquei muito curiosa e gostei dos capítulos referentes aos estranhos números e aos códices maias.
Eu me senti lendo Dan Brown algumas vezes, pois havia muito mistério e ação.

A história começou a me decepcionar após o crescimento dos protagonistas, eu os achei imaturos e chatos. Queria a todo momento a volta do Rogério, rs.
O relacionamento dos dois foi muito corrido. Acho que o descobrimento desse amor poderia ser mais trabalhado, não só o relacionamento do casal, mas também o surgimento da amizade entre Layla e Carol.
Um dos pontos positivos do livro foi a descrição de alguns lugares turísticos.
Eu viajei para Santo Antônio do Pinhal recentemente e gostei muito da descrição do mirante, eu fiquei imaginando aquela cena.
No final do livro o autor me deixou muito curiosa, quero obter algumas respostas em Máscaras Reveladas.
Eu espero que na sequência da série, o autor foque nos algoritmos e que retome a linha de mistério dos primeiros capítulos de Almas Seladas.

****

Ficha técnica
Livro: Algoritmos Sagrados: Almas Seladas
Autor: M. L. Pontes
Editora: Modo Editora
Páginas: 215

ISBN: 9788565588904
Share on Google Plus

Sobre Francine Nunes

Quase química. Amante de livros, séries e filmes. Assim como o Cazuza, meus heróis morreram de overdose. Guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força.

0 comentários :

Postar um comentário