O que rolou em março e o que vem por aí...


Heyyy pessoas!
Hoje, finalmente, irei concluir o mês  de março. Esse mês não foi muito produtivo em termos de leituras, se bem que eu concluí a maratona literária de romances de época e isso foi ótimo! Mais um pouco e seria "enrolation" literária romances de época hehe

No mundo literário tivemos novidades maravilhosas, como a liberação do trailer de O orfanato da Srta Peregrine para crianças peculiares e diversos lançamentos, que irei comentar aqui.
Eu concluí a leitura de Fantasya e já tem resenha do livro. Estou lendo Madame Bovary com calma, apreciando cada página e posso dizer que a leitura está deliciosa.
Estou devendo resenhas para vocês e um D.I.Y que prometi no Projeto Pote dos Desejos, mas já sorteei o D.I.Y do mês e estou fazendo... aguardem, que será épico!
A resenha devida é O Herói Perdido da série Os heróis do Olimpo, estou concluindo e posto ela em breve.
Bom, depois dessa pequena introdução, vamos fechar logo março? Vamos!

Do Éden à Luxúria | Ananda V.
Um bar esquecido pelo tempo chamado Devil's Throat — o Gênesis da queda de Melissa Saccer, uma garota que tem sido atormentada por um pesadelo do qual não se recorda ao abrir os olhos. Há centelhas de memórias, passagens de um conto de Edgar Allan Poe, mas nada substancial que possa lhe ajudar.
William, um forasteiro enigmático que se comporta como um cavalheiro inglês da época vitoriana. Quantos segredos ele esconde por trás da imensidão de seus olhos azuis?

Nessa jornada sombria e solitária que Melissa enfrentará, nada é como parece ser. A verdade, a mentira, o mal e o bem tem múltiplas faces, pontos de vista conflitantes. Esteja preparado para se apaixonar, mas, acima de tudo, esteja preparado para a queda.

A loira do banheiro e outras histórias de arrepiar | Deison Groff
Um dos mistérios da vida é: de onde vêm as lendas urbanas?
Você não conhece ninguém que tenha inventado uma lenda urbana. Os que contam uma dessas histórias sempre a ouviram de outro, que ouviu de outro, que ouviu de outro, que não se recorda de onde a ouviu. Em geral, quem conta uma lenda jura que aconteceu com a melhor amiga do primo da irmã do namorado da vizinha. Ou seja, com um conhecido bem distante.

As histórias que o povo conta podem até mudar um pouco aqui, outro pouco ali. Suas alterações de região para região são comuns, mas o importante é que elas continuam mexendo com o nosso imaginário, causando um misto de medo e curiosidade.
Dieison Groff resgatou doze lendas urbanas que prometem atrair a atenção da galera do começo ao fim. Este livro reúne histórias arrepiantes como a do vestido de noiva, da loira do banheiro, do motorista funerário, da moça do táxi, do menino na foto, entre outras que provavelmente vão fazer você terminar a leitura com os cabelos em pé.

Cat, meu amigo psicopata | Malu Ghiraldeli
Um estudante de psicologia, um estudante de medicina, uma garota albina, e um psicopata. Ou talvez uma gangue deles. Logan Davis sabia que aquilo não ia dar certo, sempre soube, mas como ele mesmo diz: a carne é fraca. Então quando o jovem estudante de medicina William Miller pede sua ajuda para um projeto no mínimo impossível, ele acaba aceitando, e ambos agora são responsáveis pelo psicopata mais perigoso da cidade. O propósito? Fazê-lo se apaixonar, valendo o diploma do jovem médico e uma vaga preciosa em um famoso hospital. Uma experiência que vai acabar trazendo de volta velhos inimigos, criando novos deles, derramando um pouquinho de sangue e virando suas vidas de cabeça para baixo.

As grandes aventuras de Daniella | L. L. Alves
Bom, o que eu tenho a dizer sobre esta história maluca que estou prestes a contar? É simples: vocês não vão acreditar. Sério mesmo. Vai parecer loucura, com minha boca suja, dois pés esquerdos, noites inusitadas e quilinhos a mais (muito mais, mas não vamos entrar em detalhes...). Mas vou fazer o quê? É a verdade. E eu vou contar para vocês porque... Sei lá. Na verdade, eu nem devia estar contando, alguns de vocês vão se chocar.
Ainda está aqui? Bom, o risco é todo seu. Prepare-se.

Ah, é verdade, esqueci de me apresentar (típico). Meu nome é Daniella Fagundes, vinte e oito anos, namoro com o Thiago há dois anos e posso dizer que tudo está mais que perfeito! (xi, exagerei agora, né?). Também adoro comer e sou diferente de qualquer outra mulher que já tenha contado sua história para vocês. Por quê? Porque sou uma daquelas mulheres conhecida como gordinha. Sabe como é? Eles não se referem a mim como a sagaz Daniella ou a superconfiante Daniella. Sou apenas a gordinha do grupo. Sempre tem que ter um, não é?
Bom, é isso aí, acho que deu para entender. Afinal, vocês estão prestes a conhecer as minhas aventuras de autoconhecimento e de... Comece a ler, ué. Não quer perder um segundo, quer?

Irmandade de Copra | Caroline Defanti
A Irmandade de Copra está com problemas.
Enquanto Aeris vive com Dakarai e os Copranos, aprendendo a amar o seu estilo de vida, a respeitar a deusa Copra e a viver na Terra, como seus ancestrais haviam feito antes de destruí-la, a Irmandade enfrenta uma fase difícil, onde planos sombrios são traçados.
Anos depois do seu desaparecimento, Aeris volta a ter contato com um dos Irmãos e descobre algo terrível: A Irmandade não é mais o que era antes.

Os Irmãos estão em um jogo perigoso que mistura astúcia, trapaça e Dádivas. A liderança é o prêmio, os rivais têm suas cartas na manga e o maior medo de Aeris, Dakarai e todo o povo Coprano pode se tornar real.
Com a ajuda do estrategista Chess e seus Irmãos, Aeris vai precisar de muita coragem e inteligência para vencer esses Jogos de Liderança.
No segundo volume da Trilogia Irmandade de Copra, você vai encontrar muita ação, aventura e uma batalha perigosa a fim de manter a ordem, enquanto os Irmãos ainda têm que enfrentar dores de um passado triste.
Prepare-se, os jogos vão começar!
Fantasya | Tiago Anderson
Pela primeira vez, eu fiz uma resenha logo após concluir a leitura. Geralmente eu postergo...
Esse livro eu recebi em parceria com a editora Arwen e ele foi uma surpresa boa, pois eu estava a algum tempo querendo ler fantasia e o livro representou o gênero com louvor.
Ao ler Fantasya mergulhamos em um mundo místico, com magos lendários, rainhas poderosas, elfos, heróis e batalhas épicas.
Eu posso dizer que Fantasya não irá decepcionar os amantes do gênero.

Ligeiramente Maliciosos | Mary Balogh
Esse livro faz parte da maratona literária livros de época. Ele é o segundo livro da série Os Bedwyns e eu achei que ele foi mais fraco que o primeiro. Nesse segundo livro da série conhecemos Judith Law e mergulhamos na vida de outro Bedwyn, o Rannulf.
No geral, a leitura é bem clichê, mas bem menos apelativa sexualmente quanto outros livros de gênero.
Em breve posto resenha ;)

Ligeiramente Escandalosos | Mary Balogh
Esse é o terceiro livros da série Os Bedwyns e nele conhecemos a história de Freyja Bedwyn, que se envolve em um noivado de mentira com um marquês que pretendo fugir do casamento. Nesse meio tempo eles se apaixonam, muito clássico! Achei a sequência bem clichê, assim como o anterior, mas esse terceiro livro é bem divertido e a personalidade forte da protagonista foi um ponto positivo, que é totalmente diferente das protagonista desse gênero.

Ligeiramente Perigoso | Mary Balogh
E esse foi o livro que eu achei que iria gostar bastante, pois um dos personagens mais enigmáticos da série ganha voz, o temido Duque de Bewcastle, mas... a história não me convenceu e, apesar da personalidade do protagonista ficar bem evidente, acho que a autora se perdeu. No mais, achei ele melhor que o segundo e o terceiro. Recomendo a Série Os Bedwyns para quem gosta de romances de época, pois a série segue todos os "ingredientes" do gênero.

Estou super ansiosa pelas próximas leituras. Meu namorado me emprestou um clássico de ficção científica, é o "Androides sonham com ovelhas elétricas?" Para quem não conhece, esse livro foi adaptado para o cinema como Blade Runner. O filme é super conceituado no mundo do cinema.
Meu namorado gostou bastante do livro e isso aumentou meu interesse, portanto resenha sci-fi vem por aí...

Outro livro emprestado, que deve ser lido rápido, é Palácio de Inverno que segundo duas pessoas, foi o melhor livro de suas vidas!!! Isso me deixou bem interessada e ao mesmo tempo cautelosa. Não quero me deixar influenciar por esse fato.

Também pretendo ler em Abril Garota Exemplar. Só vi resenha positiva da obra, portanto não espero menos que "razoável".
E para não fugir da minha meta de leitura vou ler Os três Mosqueteiros, que está me aguardando a algum tempo.

Saindo um pouco das resenhas, como disse no início do post, estou preparando um D.I.Y especial, como eu não cumpri a tarefa do mês de março, irei postar dois passo a passo do Projeto Pote dos Desejos. A sessão mão na massa vem com tudo esse mês!

É isso pessoal e até a próxima!
Share on Google Plus

Sobre Francine Nunes

Quase química. Amante de livros, séries e filmes. Assim como o Cazuza, meus heróis morreram de overdose. Guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força.

2 comentários :

  1. Olá Francine!
    Estou super ansioso para ver a sua resenha e a sua opinião do livro "O Herói Perdido", essa é uma das melhores séries que já li em toda a minha vida. Adoro OHO! Achei bem legal a sua atenção à Literatura Clássica, já ouvi muito sobre Madame Bovary. Boa sorte em suas leituras.
    Abraços, Jean.
    sorcerersreaders.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jean!
      A resenha de O Herói Perdido já foi postada :) e eu gostei bastante da leitura!
      Abs

      Excluir