Destaques

Resenha Os Três Mosqueteiros, Alexandre Dumas

Resenha Os Três Mosqueteiros. Alexandre Dumas


"Faça sua ausência ser forte o suficiente para que alguém sinta a sua falta, mas cuide para que essa ausência não se torne longa ao ponto desse alguém descobrir que pode viver sem você."

Sobre o livro
Os Três Mosqueteiros é um clássico de ficção histórica escrito pelo francês Alexandre Dumas. A obra se passa na França do século XVII e narra as aventuras de D'Artagnan e de seus três amigos: Athos, Porthos e Aramis.
O livro começa com a chegada conturbada de D'Artagnan em Paris. O sonho do jovem é se tornar mosqueteiro do Rei, assim como seu pai. Ele parte para Paris com um cavalo, uma espada e uma carta de recomendação para o comandante dos mosqueteiros, porém perde a carta em um confronto. Apesar desse fatídico acidente, D'Artagnan consegue entrar para a companhia dos guardas.
Em Paris o jovem conhece os célebres mosqueteiros: Athos, Porthos e Aramis. Eles se tornam amigos e vivem diversas aventuras para salvar o reino dos planos malévolos do Cardeal de Richelieu e seus subordinados, como a fatal Milady.

Minhas Impressões
Eu conhecia a história dos famosos mosqueteiros por causa do filme e, inicialmente, eu não sabia que existia um livro. Quando soube do livro fiquei com receio de lê-lo por ser um clássico de 1844. Acreditava que a leitura seria difícil, engano meu! Alexandre Dumas me surpreendeu em todos os aspectos e eu devorei cada página com fascínio e alegria. A leitura é leve, descontraída, rica em detalhes e aventuras. É o tipo de leitura que te prende do início ao fim.
Os personagens são bem construídos e possuem características bem específicas: D'Artagnan é o jovem herói apaixonado e corajoso. Athos é nobre, inteligente e perspicaz. Porthos é vaidoso e egoísta. Aramis é um amante apaixonado, mas seu maior sonho é se tornar padre... contraditório, rs. Nossos heróis possuem qualidades e defeitos bem evidenciados e isso os torna únicos.

Alexandre Dumas não se preocupou apenas com as características dos heróis, ele também dedicou páginas do livro para descrever detalhadamente personagens secundários e mais outras tantas para adentrar o psicológico dos vilões, em especial a inquietante Milady.
Essa antagonista é uma das personagens mais incríveis que tive o prazer de conhecer nessa minha vida literária. Ela é a personificação do mal, porém Dumas a descreveu de forma tão brilhante que ela roubou a cena por diversas vezes.

Esse livro se tornou um dos meus favoritos, além de ser bem escrito é uma ficção histórica e podemos conhecer uma parte da história da França e personagens reais, como: Rei Luís XIII, Ana da Áustria, Richelieu e tantos outros. É claro que o livro é uma ficção e Dumas tinha a liberdade de romantizar os fatos, mesmo assim isso não muda o fato de que se passa em um momento real da história.
No mais, indico o livro para quem gosta de aventuras e histórias de cavalaria.

 PREÇOS |  SKOOB

Edição: 10,0 | Narrativa: 10,0 | Desenvolvimento: 10,0 | Trama: 10,0
 NOTA: 10,o/10,0

*****
Ficha técnica
Livro: Os Três Mosqueteiros
Autor: Alexandre Dumas
Editora: Zahar
Páginas:788

Nenhum comentário

Litera Cult | Blog Literário © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.