Destaques

Resenha A Resposta, Kathryn Stockett

Resenha A Resposta, Kathryn Stockett


"O que me faz lembrar de uma coisa em que não quero pensar: que a dona Leefolt tá construindo um banheiro pra mim porque acha que eu tenho doenças. E a dona Skeeter me pergunta se eu não quero mudar as coisas, como se mudar Jackson, Mississippi, fosse o mesmo que trocar uma lâmpada."

Sobre o livro
A Resposta é um livro da autora norte americana Kathryn Stockett. Ele conta a história de Aibileen (uma empregada negra que já cuidou de muitas crianças brancas), Skeeter (uma jovem branca recém-formada que quer ser escritora) e Minny (uma excelênte cozinheira negra que é conhecida por "não levar desaforo para casa"). O livro é narrado pelos pontos de vista dessas três personagens.
A história se passa nos anos 60 em Jackson, Mississipi. Num período que a segregação racial nos estados unidos era muito forte.
Minny e Aibileen sofrem por causa do racismo. Não possuem direitos básicos, como: salário mínimo, serviço social, jornadas de trabalho justa. Além disso são vistas e tratados como sub-humanas, chegando ao ponto de precisarem utilizar um banheiro separado do dos patrões, para não transmitirem doenças.
Aibileen já cuidou de 17 crianças brancas e nunca cogitou se rebelar no meio social em que vive, mas algo mudou dentro dela, depois que seu filho morreu de forma trágica e desumana.
Minny é conhecida por ser uma ótima cozinheira, mas seu gênio difícil faz com que perca um emprego atrás do outro. Isso porque ela não aceita ofensas calada.

Apesar viverem no mesmo ambiente, é improvável que o caminho dessas duas mulheres se cruze com o de Skeeter, pois Skeeter pertence a sociedade branca e burguesa de Jackson e uma linha invisível as separam.
Skeeter chegou da faculdade a pouco tempo e sonha em ser escritora. Apesar de ter crescido em Jackson e saber de todas as regras sociais que definem o ´papel do branco e do negro, algo dentro dela mudou. Skeeter começa a se incomodar com as atitudes, antes normais, das pessoas que a rodeiam. Ela começa a perceber os privilégios que sempre obteve por ser branca e do racismo que ela, suas amigas e sua família cometem.
Skeeter se aproxima de Aibileen ao conseguir um trabalho em um jornal na coluna de cuidados domésticos. Por não entender do assunto ela pede ajuda à empregada de sua amiga, Sra. Leefolt. Através desse improvável relacionamento, Skeeter conhece um pouco mais Aibileen e as diferenças raciais. Aos poucos Aibileen conta alguns aspectos de sua vida e lhe fala de seu filho e de um livro que ele pretendia escrever sobre como é, para um negro, trabalhar para um branco.
A partir desse ponto surge a ideia de escrever um livro. Skeeter quer reunir diversas entrevistas de mulheres negras e suas histórias trabalhando para pessoas brancas. Surge então um projeto audacioso e perigoso em uma época que as pessoas morriam apenas por serem negros (o que acontece hoje, só que não é deliberadamente).

Minhas Impressões
Quando eu comecei a leitura desse livro eu pensei: que história atual... Foi triste constatar isso. Só percebo uma ou outra diferença: a dissimulação, a negação, a hipocrisia. 
Hoje, os negros morrem por serem negros, mas a sociedade não assume isso e por conta disso é mais difícil problematizar a questão. É claro que a questão racial dos Estados Unidos e a questão racial do Brasil são completamente diferentes e devem ser problematizadas de maneira distinta. Porém a raiz é a mesma: o racismo.
Eu, como mulher negra, tenho uma visão holística desse assunto, pois convivo com o racismo no meu dia a dia. Acredito que por causa disso, esse livro foi tão importante para mim. Eu sofri durante a leitura, mas também vi um fio de esperança.
Por mais perigoso que fosse naquela época combater o racismo, as personagens lutaram, mesmo com medo e isso requer coragem.
Para os meus irmãos negros eu digo, não tenham medo de serem chamados de "mimizentos" ou algo do tipo, combata, problematize, aponte as falhas e as injustiças. Só assim poderemos ter esperança de erradicar esses preconceitos num futuro próximo ou nem tão próximo assim... o importante é não parar de lutar.
Esse livro se tornou a melhor leitura do ano e é claro que eu indico a obra.
Boas leituras!!!

Edição: 9,8 | Narrativa: 9,7 | Desenvolvimento: 9,9 | Trama: 10,0

 NOTA: 9,8/10,0

*****

Ficha técnica
Livro: A Resposta (original: The Help)
Autora: Kathryn Stockett
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 574

Nenhum comentário

Litera Cult | Blog Literário © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.