Destaques

#10on10 | O último dos canalhas, Loretta Chase


Heeey leitores!!!
Hoje trago a segunda resenha do desafio 10 livros em 10 dias! Eu enrolei para fazer, mas antes tarde do que mais tarde não é mesmo?

"Era apenas uma das perversas piadas dos poderes malignos que regiam sua vida que ela possuisse um longo e delicioso corpo feminino em vez do corcunda, enrugado, e escamoso que teria complementado sua personalidade."

Sobre o livro
O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.
Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça. Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.
Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante, ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.

Minhas impressões
Quando lemos um romance de época temos que colocar na caixola que na época em que se passa essas histórias as mulheres eram vistas como objetos. Inicialmente eu odiei o duque de Ainswood. Em uma das primeiras cenas ele tenta ganhar um duelo de vontades beijando a protagonista a força! Típico comportamento de um homem machista daquela época, que no livro é descrito como canalha, libertino e todos os sinônimos existentes. Ao mesmo tempo em que eu criava antipatia pelo protagonista eu morria de amores pela heroína, que é uma mulher independente e quebradora de padrões, característica recorrente nas protagonistas da Loretta Chase.
O duque de Ainswood teve uma vida recheada de tragédias e por esse motivo se tornou um canalha, isso não justifica né Mallory? A história começa a se desenrolar e o nosso anti-herói vai entrando nos eixos, enquanto a nossa heroína dá um show de empoderamento feminino, já falei que essa é uma característica recorrente nas protagonistas da Loretta Chase? Amo!
A autora conseguiu criar cenas hilárias, eu me diverti muito com a obra. O romance é caliente e lindo... Não tem como não se derreter.
Como sempre, os romances de época trazem uma ideia fantasiosa de relacionamentos complicados, onde é possível regenerar um babaca, o que é muito legal na literatura, mas não leve para a vida rs
A escrita da autora é leve e fluida. É uma obra que pode ser lida em um ou dois dias sem grandes problemas. A edição da arqueiro é boa, com diagramação ótima para a leitura e sem erros de revisão.
No mais indico a obra para quem gosta de romance de época picante, cheio de batalha de vontades, protagonista empoderada e cenas engraçadas.

Titulo: O Último dos canalhas| Autora: Loretta Chase | Editora:Arqueiro | Páginas: 304 | Gênero: Romance de época | Edição: 9,0 | Narrativa: 8,5 | Desenvolvimento: 9,0 | Trama: 7,0

 NOTA: 8,4

Nenhum comentário

Litera Cult | Blog Literário © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.