Destaques

A arma escarlate, Renata Ventura


“O erro de um sistema que treina seus filhos para agirem por medo da punição, não pelo desejo de manter a harmonia. No momento que a autoridade desaparece, o sistema se autodestrói.”

Sobre o livro
O ano é 1997. Em meio a um intenso tiroteio, durante uma das épocas mais sangrentas da favela Santa Marta, no Rio de Janeiro, um menino de 13 anos descobre que é bruxo.
Jurado de morte pelos chefes do tráfico, Hugo foge com apenas um objetivo em mente: aprender magia o suficiente para voltar e enfrentar o bandido que está ameaçando sua família. Neste processo de aprendizado, no entanto, ele pode acabar por descobrir o quanto de bandido há dentro dele mesmo.

Minhas impressões
Eu comprei esse livro pela capa. Estava em um desses sites de livros e vi a capa desse, então fiz uma coisa impensável, comprei sem ler a sinopse. Acreditei, erroneamente, que se tratava de uma fantasia original.
Comecei a leitura sem ter noção do que se tratava. Os primeiros capítulos foram eletrizantes, apesar de me surpreenderem por começar a em uma favela no rio de janeiro. Eu pensei: vai acontecer alguma coisa e o protagonista vai para um reino mágico. Bom, isso aconteceu, só que não da forma que eu esperava.
A arma escarlate não é nada original, muito pelo ao contrário. É uma fanfic remunerada de Harry Potter e eu não gosto de fanfics. A história é legal, tem muita magia, uma escola de magia, bruxos e blá, blá, blá. Só que é uma fanfic e eu murchei, consequentemente a leitura não fluiu. Só terminei o livro por causa da MLI 2017, se não fosse isso eu teria abandonado a obra.
Além de ser uma fanfic, o personagem principal é intragável. Ele tem umas atitudes incoerentes, qual a necessidade de atacar um professor legal? Ou desprezar um colega por sua região de origem? Ainda pior, não querer contado com uma personagem que veio do mesmo local que ele? Se ele despreza quem veio da favela, simplesmente por ter vindo da favela, como ele acredita que pode ser aceito? Sinceramente, eu não entendi.
No geral, se você gosta de Harry Potter, não tem problemas em ler fanfic e deseja mergulhar nesse universo dentro do Brasil esse é o livro para você. Porém se, assim como eu, você está satisfeito com o que já leu sobre e não gosta de fanfics eu não recomendo.
A edição é bem revisada, a diagramação é confortável para a leitura. Eu só não gostei do papel utilizado nas páginas, são muito finos e se não tiver o devido cuidado rasgam com facilidade.

Titulo: A arma escarlate | Autor: Renata Ventura | Editora: Novo século | Páginas: 549 | Gênero: aventura/fantasia

Nenhum comentário