Destaques

O Festim dos Corvos, George RR Martin


“ — No jogo dos tronos, até as peças mais humildes podem ter vontade própria. Por vezes, recusando-se a fazer as jogadas que planejei para elas.”

Sobre o livro
Dando continuidade à saga mais ambiciosa e imaginativa desde O Senhor dos Anéis, As Crônicas de Gelo e Fogo prosseguem após o violento triunfo dos traidores. Enquanto os senhores de Norte lutam incessantemente uns contra os outros e os Homens de Ferro estão prestes a emergir como uma força implacável, a rainha regente Cersei tenta manter intacta a força dos leões em Porto Real. Os jovens lobos, sedentos por vingança, estão dispersos pela terra, cada um envolvido à sua maneira no perigoso jogo dos tronos. Arya abandonou Westeros rumo a Bravos, Bran desapareceu na vastidão enigmática para além da Mulralha, Sansa está nas mãos do ambicioso e maquiavélico Mindinho, Jon Snow foi proclamado comandante da Muralha, mas tem que enfrentar a vontade férrea do rei Stannis. No meio de toda a intriga, do outro lado do mar começam a surgir histórias sobre dragões e fogo... Quando Euron Greyjoy consegue ser escolhido como o rei das Ilhas de Ferro, não são apenas essas ilhas que tremem. Olho de Corvo tem como objetivo declarado conquistar Westeros. E seu povo parece acreditar nele. Mas conseguirá Olho de Corvo cumprir seu objetivo? Em Porto Real, Cersei enreda-se cada vez mais nas teias da corte. Desprovida de apoio da família e cercada por um conselho que ela mesma considera incapaz, precisa lidar ainda com a ameaçadora presença de uma nova corrente militante da Fé. Como se desvencilhará de tal enredo? A guerra está prestes a terminar, mas as terras fluviais continuam assoladas por bandos de salteadores. Apesar da morte do Jovem Lobo, Correrrio ainda resiste ao poderio dos Lannisters, e Jaime parte para conquistar o baluarte dos Tully. O mesmo Jaime que jurara solenemente a Catelyn Stark não voltar a pegar em armas contra os Tully ou os Stark. Mas todos sabem que o Regicida é um homem sem honra. Ou será que estão todos errados?

Minhas impressões
O Festim dos corvos é o quarto livro da série As crônicas de gelo e fogo do nosso malvado favorito George R. R. Martin. Esse quarto volume é centrado em Porto real, Dorne, Bravos, Ninho da Águia e Correrrio. Os personagens com mais povs são Cersei, Brienne e Jaime. Esses personagens possuem muitos povs.
Eu comecei a leitura de O festim dos corvos receosa, sem saber muito o que esperar. Sabia que não teriam povs da Daenerys, Tyrion e Jon. Isso me fez pensar: e agora? O Martin me surpreendeu mais uma vez, eu amei o livro. Foi maravilhoso conhecer um pouco mais a Cersei. Eu fiquei extremamente irritada com as suas loucuras, mas também pude conhecê-la melhor e entender suas motivações. Ela vive em torno de uma profecia, gente... Ela está levando o reino ao caos e arriscando perder tudo por conta de uma profecia! E, como era de se esperar, ela se enrolou com suas ações inconsequentes, e eu fiquei falando: Eu avisei linda.
Quanto ao Jaime, não me ganhou. Eu não consigo perdoar esse personagem pelo o que fez com o Bran, ele pode chorar, ser herói, complacente, mas não cola. Isso não se faz com uma criança, eu quero que ele morra.
Brinne ficou com a função de apresentar o caos causado pela guerra aos mais simples. Sua jornada, que jornada sem sentido mulher, foi para isso e apenas isso. Não faz sentido o tour dela por Westeros, mas como sempre ela foi ímpar! Eu sofri muito quando quase mataram ela de forma tão selvagem. Terminei o capítulo folheando o livro à procura de outros povs da personagem, precisava acalmar meu coração.
O Martin trouxe novos personagens, como o Olho de corvo, e explorou a fé. Podemos ver isso através do Alto Pardal, do Cabeça molhada e da Arya. Foi muito assertivo a exploração da religião, um ponto a mais para o autor.
O festim dos corvos é a exploração das consequências da guerra. São histórias dentro de histórias e a tentativa de reconstrução dos reinos, trazendo novos personagens e novos conflitos. Eu amei a leitura e terminei rapidinho, foi o volume que li mais rápido.
A edição está maravilhosa e a escrita do Martin mais uma vez deliciosa. Super indico e se você ainda não leu vai sem medo. Os povs dos personagens "principais" não irão fazer falta. 

Titulo: O festim dos corvos | Autor: George RR Martin | Editora: Leya | Páginas: 586 | Edição: 9,5 | Narrativa: 10,0 | Desenvolvimento: 10,0 | Trama: 10,0

 NOTA: 9,8

Nenhum comentário