Destaques

Viagem ao centro da terra, Julio Verne


“Ainda creio numa possibilidade de salvação. Enquanto o coração bater, enquanto a carne palpitar, não admito que um ser dotado de vontade se entregue ao desespero.”

Sobre o livro
Axel está prestes a viver a aventura de sua vida, ainda que a contragosto. Obrigado pelo tio a acompanhá-lo numa expedição ao centro do planeta, o jovem e perspicaz narrador diverte o leitor com seu bem-humorado relato da jornada, angustiado diante das excentricidades do genial professor Lindenbrock e de seu impassível guia. Fruto de meticulosa pesquisa, Viagem ao centro da Terra alia entretenimento a informação. Explorando culturas, cidades e mares, reconstrói a evolução do planeta e prova que nada é impossível quando se tem coragem. Pelo menos, o bastante para encarar uma inversão fascinante e, ao mesmo tempo, terrível bem debaixo de nossos pés: uma aparente semelhança revela o mais profundo estranhamento de nosso próprio mundo, colocando em xeque todo o conhecimento de uma sociedade. Mas é da destruição que surge o prazer da descoberta. A narrativa detalhada, poderosa e ritmada nos desafia a correr à internet para procurar cada lugar, checar cada informação. Até o momento em que o leitor perceberá estar como Verne queria cativado e irremediavelmente curioso, ávido por entender melhor seu mundo e a si próprio.

Minhas impressões
Viagem ao centro da terra é um clássico do renomado autor Julio Verne. Quando comecei a leitura esperava muita ação, pois relacionei o livro ao filme. Porém o livro é mais tranquilo, ele transcorre como as águas de um rio. Não houve um momento de ápice, porém também não houve momentos de monotonia. A leitura foi constante, por esse motivo não foi tão fluida.
Essa obra foi a minha apresentação a escrita de Julio Verne e eu fiquei fascinada. Os personagens são complexos e bem construídos, o professor Lindenbrock pode ser hostil e atencioso. Axel é convicto em suas ideias, porém consegue em alguns momentos se abrir às convicções do professor. Hans mesmo em seu mutismo tinha personalidade. Fiquei impressionada com a habilidade do autor nesse aspecto.
Julio Verne passa veracidade na história que está narrando, tanto que recorri ao google diversas vezes para visualizar os animais que "vivem" descritos no romance, realmente acreditei que os animais tivessem as características descritas, descobri que eles não eram bem assim. As minhas pesquisas mostram o quanto a narrativa do autor é envolvente. Eu embarquei na história, sofri com as dificuldades dos personagens e vibrei quando o acaso os colocou na rota correta. Pude visualizar todos os detalhes das variadas rochas, o mar e o céu no interior do globo e até o vulcão vomitando lavas em seu furor.
Quanto a edição só tenho elogios. A editora Ática está de parabéns pelo excelente trabalho, a edição é tão macia que sentimos prazer ao tocar no livro. O capricho em todos os detalhes é notável.
No mais indico a obra para quem gosta de uma aventura envolvente, daquelas que te fazem viajar para o universo apresentado.

Titulo: Viagem ao centro da terra | Autor: Julio Verne | Editora: Ática | Páginas: 280 | Gênero: aventura/sci-fi | Edição: 10,0 | Narrativa: 10,0 | Desenvolvimento: 9,0 | Trama: 9,0

 NOTA: 9,5

Nenhum comentário