Destaques

Resenha Lolita, Vladimir Nabokov


"Pela manhã ela era Lô, não mais que Lô, com seu metro e quarenta e sete de altura e calçando uma única meia soquete. Era Lola ao vestir os jeans desbotados. Era Dolly na escola. Era Dolores sobre a linha pontilhada. Mas em meus braços sempre foi Lolita."

Sobre o livro
Lolita é um dos mais importantes romances do século XX. Polêmico, irônico, tocante, narra o amor obsessivo de Humbert Humbert, um cínico intelectual de meia-idade, por Dolores Haze, Lolita, 12 anos, uma ninfeta que inflama suas loucuras e seus desejos mais agudos.
A obra-prima de Nabokov, agora em nova tradução, não é apenas uma assombrosa história de paixão e ruína. É também uma viagem de redescoberta pela América; é a exploração da linguagem e de seus matizes; é uma mostra da arte narrativa em seu auge. Através da voz de Humbert Humbert, o leitor nunca sabe ao certo quem é a caça, quem é o caçador.

Minhas impressões
Eu estava a muito tempo postergando essa leitura. Colocava na minha meta de leitura do skoob ano após ano e nunca cumpria a meta. Até que esse ano eu baixei a lei: Vou ler Lolita em 2017 ou não me chamo Francine! Bem, com o perigo de mudar de nome desencalhei essa maravilha repugnante.
O tema do livro, como muito de vocês devem saber, é a pedofilia. O pior é que esse crime é contado na perspectiva do pedófilo, então as cenas questionáveis são amenizadas em todo o momento. Isso não significa que o protagonista narrador se isenta de culpa, diversas vezes ele recrimina o seu comportamento, porém não deixa de romantizar seus atos.
Um dos pontos positivíssimos do livro é a narrativa, meus caros, ela é deliciosa. Eu fiquei encantada com a escrita do Vladimir Nabokov, tanto que em muitos momentos me esqueci de que o tal de Humbert Humbert era um pedófilo nojento. E esse, é um dos perigos dessa leitura, pois a eloquência do narrador é tal que podemos nos pegar torcendo para ele.
Isso me lembrou Dom Casmurro do Machado de Assis, pois quando temos um narrador personagem ficamos a mercê da sua visão dos fatos e do que ele quer passar para nós, meros leitores. Ou seja, a verdade é mascarada conforme o intuito do narrador e nunca, nunca mesmo, saberemos o que aconteceu realmente.
Enfim, Lolita é uma obra asquerosa de se ler, mas ao mesmo tempo é maravilhosa por causa da escrita do autor.
Indico a obra para quem gosta de um drama bem escrito, que tem a capacidade de mexer com suas emoções, nesse caso as emoções são NOJO e FASCÍNIO, e que te deixe perplexo pós leitura.

Titulo: Lolita | Autora: Vladimir Nabokov | Editora: Record | Páginas: 272 | Gênero: Drama | Edição: 9,0 | Narrativa: 10,0 | Desenvolvimento: 10,0 | Trama: 10,0
NOTA: 9,7

14 comentários:

  1. É um livro polemico este, que faz parte da história da literatura, onde a pedofilia é escrachada, acho que o pior é os livros que tenta disfarçar isso, não tirando a repugnância deste. Não leria, acho que coisas assim não merecem minha atenção, mesmo assim reconheço a astucia do autor em escrever algo que desperta a curiosidade de todos e faz vender seu livro.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parece ser um livro muito interessante e acima de tudo polemico..
    Não sei se eu teria coragem de ler

    Beijos
    https://florescendolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu fiz pedagogia e esse livro estava no curriculo, fiquei pasma com o enredo e os assuntos do livro, enfim não recomendo e não leio novamente...
    Beijos
    Anne

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Olhando a capa nunca que iria imaginar que esses assuntos estariam nesse livro. Claro que não poderia ser mais polêmico hein.
    Mas infelizmente esse tipo de leitura não me agrada nem um pouco.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Esse livro é bem famoso, mas eu nunca havia me interessado pela obra... Depois de ler tua resenha confesso que fiquei curiosa pra ler o livro. Essas emoções de nojo e fascínio devem mexer bastante mesmo com o psicológico do leitor, hehe. Adorei a resenha!

    Beijos,
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Antes de mais nada quero dar os parabéns pela sua resenha, maravilhosa e bem argumentada.
    Nunca tive vontade de ler esse livro aí vendo o filme 'Capitão Fantástico' vi a opinião crítica de uma das personagens e fiquei curiosa e agora lendo sua opinião e sabendo que a narrativa é maravilhosa fiquei desejando ler o mesmo. Mas com certeza ficaria preocupada com a menina, não sabia que ela só tinha 12 anos, chocada.
    Também prefiro narrativas em terceira pessoa pq geralmente da para perceber a história por várias óticas e como um todo. Mas em algumas histórias a primeira pessoa é essencial, quem sabe se tivéssemos a ótica da garota o livro não ficaria mais completo né!?
    Enfim parabéns pela leitura e resenha.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  7. oieee
    tentei ler a obra porém queria ler e vomitar kkkkk, acabei não concluindo a leitura porém ainda é um livro que eu gostaria muito de ter na lista de lidos, adorei sua resenha muito clara e bem argumentada

    ResponderExcluir
  8. primeiro preciso lhe dizer que achei um charme essa foto kkk, linda demais.
    Infelizmente não leio muito dramas, mas achei que parece ser uma história muito interessante.
    Beijão, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bem?!?! Lolita não é um livro pra todo mundo né?!?!
    É intenso e marcante, li há muito tempo e nem concluí, mas acredito que preciso retomar a leitura até para fazer uma analogia com os dias atuais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?

    Eu sempre tive muita vontade de ler esse livro. Desde que ouvi falar sobre ele, fiquei interessada em realizar a leitura. Ainda não consegui, mas estou pensando em comprá-lo e ler no próximo ano.

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Faz um tempo que quero ler esse livro pela importância que ele tem, mas estou como você, colocando e tirando da meta, mas ainda irei ler esse livro tão polêmico.

    ResponderExcluir
  12. Eu também tenho essa meta, sempre tive muita curiosidade nessa leitura. E achei uma loucura essa complexidade moral que a narrativa coloca no leitor.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Ainda não li esse livro, mas tenho muito interesse em fazer a leitura dessa obra, pois eu curto a premissa dele, sabe? Achei sua resenha encantadora também e fiquei muito contente por você ter curtido a leitura, apesar de ser um livro asqueroso.
    Vou super anotar a dica.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi! Eu adoro esse livro, e concordo plenamente sobre o autor nos prender de tal forma que esquecemos que o cara é um doente pervertido.
    Achei essa edição muito linda e se um dia tiver a oportunidade farei a releitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Litera Cult | Blog Literário © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.