Destaques

Crônicas da Lua Cheia - A Maldição do Lobisomem, Clecius Alexandre Duran


SOBRE O LIVRO
Como seria nosso mundo se o lobisomem não fosse apenas um mito? Esta é a pergunta que a obra Crônicas da Lua Cheia – A Maldição do Lobisomem tenta responder.
Alexandre é atacado por um lobisomem, mas escapa quase ileso com apenas uma mordida. Desse momento em diante, sua mente jaz adormecida nas noites de lua cheia. Sob o halo prateado do plenilúnio, seu corpo se altera radicalmente para se transformar num ser animalesco, faminto e sanguinário.
Solitário, a contraparte bestial de Alexandre, aprende a sobreviver longe da proteção da alcateia e se ressente das limitações da sua existência noturna, bem como das excruciantes dores da metamorfose arcana. Quando finalmente encontra seu lugar no seio de um grupo de lobisomens, Solitário descobre que uma obscura profecia, conhecida apenas por um velho licantropo exilado, pode ser a chave que poderá libertá-lo da sua maldição: a coexistência com seu alter-ego humano.
Dessa forma, a vida mundana de Alexandre e a busca de Solitário vão convergir para um evento que afetará sobremaneira a vida de ambos. E, no final, só pode haver um.

MINHAS IMPRESSÕES
Antes da oportunidade de ter esse livro em mãos eu já estava de olho nele. Tive o prazer de ser apresentada à obra no grupo de leitores do Facebook chamado Reino dos livros, lá conheci outras obras nacionais também e igualmente interessante, porém essa sempre me chamava atenção. Então, em um belo dia o autor propôs um projeto de leitura chamado livro itinerante, onde um exemplar da obra viajaria pelo Brasil. Óbvio que eu topei e dei um jeitinho de encaixar a obra na minha lista de leitura estratosférica e graças ao bom coração do autor em ceder a obra e ao grupo de leitores em divulgar o bom coração do autor, cá estou eu trazendo as minhas impressões desse livro que tomou conta de alguns dos meus dias.
A maldição do lobisomem conta a história de Alexandre, um advogado que por obra do acaso se torna metade homem e metade lobo. Esse primeiro volume irá contar o início de tudo. Logo no primeiro capítulo somos bombardeados por cenas macabras, nesse momento percebe-se a genialidade do autor em abrir mão do romance bobo quando o assunto são criaturas sobrenaturais. Nessa obra o lobisomem segue sua natureza selvagem, não tem espaço para "politicamente correto". Me lembrei de obras que me arrebataram como Drácula do Bram Stoker, onde os seres sobrenaturais seguem a risca as características que os tornaram lendários.
Além da história fugir do clichê "monstro ético apaixonado", temos aqui diversas referências pop, eu surtava cada vez que percebia uma! Eu precisava me acalmar e repetir: NÃO ENTRE EM PÂNICO!
Outro ponto positivo é a narrativa, o autor soube desenvolver os acontecimentos de forma que me prendeu na leitura, algo que eu não esperava, pois os fatos não são descritos de forma cronológica. Enfim, A maldição do lobisomem é uma história sobre monstros e humanos com suas qualidades e defeitos. É um romance direto, seco, cruel e chocante. Só posso dizer que amei cada página e que estou ansiosa para ler o segundo volume.

Título: Crônicas da Lua Cheia - A Maldição do Lobisomem | Autor: Clecius Alexandre Duran | Editora: Giostri | Gênero: Horror/Terror | Páginas: 168

Nenhum comentário

Litera Cult | Blog Literário © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.